Hemorróidas

Hemorroida é uma estrutura anatômica normal, o conjunto dos plexos venosos anorretais, que são responsáveis por proteger o canal anal, ajudar a manter a continência fecal e realizar drenagem venosa da região.
Chamamos de doença hemorroidária a dilatação dessas veias, acompanhadas ou não de inflamação, hemorragia ou trombose das mesmas.

Estima-se que a incidência desta patologia na população geral seja inferior a 5%. A principal queixa relacionada à doença hemorroidária é o sangramento ocasional, ao redor das fezes, de sangue "vivo", com a presença ou não de mamilo observado à palpação. A presença de dor à evacuação é mais característica de fissura ou abcesso, mas também pode ocorrer na doença hemorroidária se houver inflamação ou trombose venosa.
Causas

O aumento da tensão durante movimentos intestinais causadas por diarréia ou obstipação pode levar a hemorróidas. É, portanto, uma condição comum devido à constipação intestinal causada por retenção de água na síndrome pré-menstrual ou menstruação.

Hipertensão arterial, especialmente a hipertensão portal, pode também causar hemorróidas.

A obesidade pode ser um fator de aumento da pressão veia retal. Permanecer sentado durante períodos prolongados de tempo pode causar hemorroidas. Um pobre tônus muscular ou má postura pode resultar em pressão demasiada sobre as veias retais e podem também causar hemorróidas.

Gravidez pode levar à hipertensão arterial e aumento da pressão durante movimentos intestinais, então hemorroidas são também frequentemente associados à gravidez.

O tabagismo durante movimentos intestinais, podem agravar as hemorróidas podendo levar a uma grave hemorragia interna das veias na região retal.

O consumo excessivo de álcool ou cafeína pode causar hemorroidas. Ambos podem causar diarréia. Note-se que a cafeína aumenta a pressão arterial temporariamente, mas não acredita-se provocar hipertensão arterial crônica. O álcool também pode causar doença hepática alcoólica levando a hipertensão portal e à hemorróida.